Marketing de conteúdo como estratégia de engajamento nas redes sociais

O marketing de conteúdo é a escada que leva à ascensão a toda a cadeia de vendas de um produto. Tratando-se de produto, iremos da atração até a conversão em vendas e à fidelização. Mas, quando se pensa em marca, em branding, temos o resultado de uma imagem que fica na mente do consumidor: uma marca que se interessa pelas pessoas, pela natureza, pela ética, e por aí vai. No meio online, minhas consultorias em marketing digital levam a pensar sobre estas questões, de forma pontual, embora o trabalho seja ainda complexo quando se pensa em posicionamento na web.

Benefícios do marketing de conteúdo no meio digital

  • Relacionamento com os clientes: o marketing de conteúdo oferece
    informações e conhecimento sobre o seu negócio, que vão além do produto ou serviço que você ou sua empresa oferecem.

 

  • Engajamento com a marca: com mais conteúdo à disposição dos clientes, ou potenciais clientes, o nível de entrosamento com a marca aumenta. Os consumidores não se satisfazem mais (e somente) com marcas que falam de seus produtos ou serviços: as empresas que desenvolvem um bom trabalho na internet conseguem engajar os clientes com conteúdos que vão além de si mesmas, mas que os ajudam a solucionar problemas do dia a dia.

 

  • Visibilidade da marca: está diretamente relacionada a sua produção de conteúdo. Quanto mais conteúdo original, em formatos diferentes, mais possibilidades de se fazer presente nos ambientes digitais, como blogs, plataformas de vídeos, slides, redes sociais etc.

 

  • Criação de evangelistas da marca: a possibilidade de sua marca ser vista na internet, não somente pelo seu público, mas por diversas pessoas, mesmo que não sejam seus prospects, é muito grande. Pense em suas ações nas redes sociais: quantas vezes você já recebeu uma propaganda patrocinada de uma marca que você não é cliente (e nem pretende ser)? Você também poderá ter visto algum vídeo que foi patrocinado e apareceu em sua timeline do Facebook, que acabou o assistindo, e que é assinado por uma marca.

Muitas vezes, não somos consumidores e nem potenciais clientes da marca, e acabamos visualizando as suas ações e consumindo seus conteúdos. A partir das visualizações, poderemos nos tornar evangelistas da marca, comentando sobre ela e a indicando para outras pessoas.

Por exemplo: digamos que você não tenha um animal de estimação, como um cão, e nem esteja em seus planos adquirir um pet. Imagine, também, que você não goste de cervejas. Mas, alguém de sua roda de relacionamentos compartilhou o vídeo Someone Waits For You At Home, Don’t drink & drive – Budweiser Ads em que a marca Budweiser retrata a relação entre o cachorro e seu dono, além de conscientizar sobre o perigo de beber e dirigir. E você acabou curtindo, comentando ou até compartilhando.

Se o conteúdo lhe agradar, você poderá estar realizar a recomendação, o que poderá se estender para um papo entre você e seus amigos quando falam sobre cervejas. Assim, você se transforma em um evangelizador da marca, indicando, por meio suas ações nas redes sociais (e até fora delas), a marca cujo conteúdo produzido lhe agradou.

 

  • Informação aos clientes e prospects com conteúdo relevante: a produção de conteúdo para o meio digital, além de atrair, reter e gerar receita, é responsável pelo tráfego e conversão para as metas que estão sendo praticadas. Além disso, é muito importante para a otimização de seus ambientes digitais (blogs, redes sociais, plataformas de vídeo, áudio etc.). A nutrição poderá ser realizada em diversos canais e plataformas onde a sua marca estiver inserida, tais como: SEO em blogs, redes sociais, e-mails marketing, landing pages, plataformas de vídeos, e-books, webinars, podcasts, entre outros.

 

  • Crescimento das vendas: todo o conteúdo produzido, que agradar as pessoas, pode ser definitivo para as vendas. As pessoas gostam de reciprocidade, de marcas que as encantem, ao invés de marcas que falam somente delas.

Marketing de conteúdo no meio digital – Caso de Estudo do Bis Xtra

Uma ação do produto Bis, da marca de chocolates Lacta, causou um grande engajamento no Facebook, no início de dezembro de 2015. A imagem mostrava um garoto sentado embaixo de uma mesa, para poder comer o seu Bis Xtra, já que não gostava da ceia servida no Natal.

O texto da postagem da Bis era o seguinte:

Quer saber um lugar seguro pra você comer seu Bis Xtra?

Embaixo da ceia de natal. Todos estarão preocupados tirando as uvas-passas do prato e ninguém vai perceber sua presença. #LugaresSeguros

Mas o que causou o engajamento das pessoas (tanto as que gostam quanto as que não gostam de Bis) foi exatamente o que comentei em minha publicação no Facebook:

“Bis conquista as pessoas e cria alto engajamento. Compare a mão direita com a esquerda, o tamanho do garoto e a embalagem virada. Tudo isso deu o que comentar lá na página do Bis. Vale conferir e morrer de rir com os comentários e as respostas do Bis.”

O maior engajamento se deu quando as pessoas comentaram sobre a imagem. Na próxima figura, podemos ver uma pessoa pedindo para o Bis fazer mais sobre essa publicação. A marca entra na brincadeira e o “fazer mais”, sugerido pela pessoa, acaba multiplicando o garoto da propaganda.

Imagem dos comentários sobre a divulgação do Bis Xtra

 

  • Pós-venda: para finalizar as etapas que compõem o marketing de conteúdo, nada melhor do que dar continuidade ao relacionamento com o prospect, ou cliente. O pós-venda participa com ações que acompanham o cliente após a aquisição do produto, ou da ação de conversão que foi planejada para a estratégia digital de marketing. Ou seja, quem conhece sua empresa tem mais chances de comprar itens mais caros, com maior frequência, ou recomendar a sua marca para alguém de seu relacionamento.

 

Interação com marketing de conteúdo

A interação com a publicação poderá ser conferida nas imagens a seguir.

Com isso, a Lacta, através do Bis Xtra, conseguiu um alto engajamento. Veja que em alguns comentários, o social media manipula a imagem original, seguindo as dicas através dos comentários. Em outras, as próprias pessoas manipulam a imagem.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com certeza, a partir de um resultado de alto engajamento, através das métricas de curtidas no post e na fanpage, comentários e compartilhamentos, a publicação conquistou o público e através de uma estratégia simples – entregar conteúdo e participar ativamente deste através dos comentários das pessoas.


Luciana Manfroi

Consultoria em Marketing Digital em Santa Catarina